Sobre o projeto


Este é o projeto Cultura Campinas, uma iniciativa do Coletivo Revoada, liderado por Tel Amiel e Gabriel Fedel.

 

O projeto é composto por dois sistemas complementares:

 

O Acervo Livre de Campinas, é onde tudo começa. Uma biblioteca digital multimídia sobre a cidade de Campinas que contem itens e exibições.

O Mapa da Cultura de Campinas, criado em cima do acervo, é usando para mapear pontos de interesse na cidade e roteiros culturais.

 

O nosso objetivo é contar histórias. Com base no acervo, são inúmeras as possibilidades narrativas através de linhas do tempo, georeferenciamento, incorporação de mídias de outros sites e exposições. Estamos sempre abertos a novas parcerias.

 

Breve histórico

O projeto começou a tomar forma anos atrás, inspirado no trabalho do blog CultCampinas. Foi retomado efetivamente em 2013 partindo de um projeto financiado pelo FAEPEX/UNICAMP.

O Roteiro do Centro Histórico, lançado em forma de livro e site em 2012 tem como objetivo apresentar um guia do patrimônio histórico do centro da cidade de Campinas (SP). Foi desenvolvido por um grupo de colaborares de forma voluntária e contou com ampla divulgação na imprensa. O roteiro foi incorporado ao Mapa com algumas alterações. Os créditos se encontram no final do texto do roteiro.


O Roteiro Afro foi feito com base em um belo trabalho da Casa de Cultura Fazenda Roseira. Tem como meta ressaltar pontos de interesse e grupos que promovem o resgate da memória e tradição da população afro-descendente que ajudou a construir a cidade de Campinas. O mapemento foi feito com o apoio e durante um projeto Ciência e Arte nas Férias da UNICAMP. Os créditos se encontram no final do roteiro.

 

Agradecimentos

Ao longo dos anos, várias pessoas auxiliaram na construção do projeto como um todo. Os creditos pela participação mais específica (nos roteiros, texto ou mídias) estão detalhados nos próprios itens.

  • Amarilis Camargo (implementação do design atual do site)
  • Daiane Silva (inserção de conteúdo)
  • Mariana Martinelli (inserção de conteúdo, pesquisa)
  • Mariana Dias (design atual do site)
  • Secretaria de Cultura de Campinas (fornecimento de dados)

Software

O sistema é utilizado foi inteiramente baseado em software livre. O design é uma customização do Omeka utilizando o plugin Neatline. A tradução de ambos para português foi feita em Transifex. Os tags/marcadores utilizados fazem uso da tipologia utilizada pelo SNIIC do Ministério da Cultura.O Acervo Livre é um repositório de mídias com licenças livres.